quinta-feira, junho 15, 2006

Soube-o agora: morreu György Ligetti - descobri-o no seu terrível Requiem, a música que acompanha, no meu ainda filme preferido, a aparição do monolito: "2001 - Odisseia no Espaço". Kubrick devia ter gostado muito dele - lembram-se daquele piano, nota a nota longinquamente preenchendo a solidão e o espanto (dor? ciúme?) do Cruise na noite de Nova Iorque?
Ligetti acompanhou-me muito estes últimos anos, mas não foi uma companhia de felicidades, antes de constantes inquietações. Por isso mais sinto a sua partida.
Um conselho para quem isto vier a ler: vão a qualquer sítio e procurem música dele (há muita), e ouçam-na. Ficaremos todos mais ricos!

3 Comments:

At 10:39 da tarde, Blogger TsiWari said...

Passa por lá, de novo.


;-)

 
At 9:27 da manhã, Blogger CAP said...

Não é uma música feliz, mas contribui para a nossa felicidade. ;)

 
At 10:15 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Náo consigo encontrar obras dele em lojas. Alguem sabe alguma editora ou coleção q distribui suas obras em cd???

 

Enviar um comentário

<< Home